Archive for the Uncategorized Category

Leituras -Yasunari Kawabata 01

Posted in Leituras, Uncategorized with tags on 12/05/2018 by Pedro Miguel Gon

Na base da ladeira, saímos na estrada de Shimoda. Estrada abaixo, fogueiras de carvoeiros levantavam colunas de fumo, aqui e além. Parámos para descansar sobre uma pilha de madeira. A dançarina começou a pentear o pêlo desgrenhado do cachorro com um pente rosa-pálido.

– Vais-lhe partir os dentes – avisou a mulher mais velha.

– Não faz mal, vou arranjar um novo em Shimoda.

Era o pente que ela tinha usado no seu cabelo em Yugano. Fiquei, assim, um pouco aborrecido ao descobrir que ela penteava o cão com ele.

De repente, chegou-me a voz da dançarina:

– O que ele devia fazer era arranjar um dente de ouro, e então já não repararias.

Olhei para trás. Elas estavam obviamente a falar dos meus dentes tortos. Chiyoko devia ter puxado o assunto e a pequena dançarina sugeria que eu arranjasse um dente de ouro. Não me senti ressentido por estarem a falar de mim – e a conversa abrandou por um tempo.

A voz da rapariga voltou-me outra vez:

– Ele é gentil, não é?

– Ele é, de facto, muito gentil. Gosto de ter ao pé de mim alguém tão gentil.

Ela tinha uma maneira aberta de falar, uma maneira jovem e honesta de dizer aquilo que lhe vinha à cabeça, o que me deu a possibilidade de me pensar como verdadeiramente gentil. Olhei para cima, mais uma vez para as montanhas tão brilhantes que me faziam doer um pouco os olhos. Tinha chegado aos dezanove a ver-me como um misantropo, um inadaptado solitário, e fora este pensamento depressivo que me conduzira à viagem a Izu. Agora era capaz de me olhar como “uma pessoa gentil”, no sentido usual da expressão. Não consigo encontrar um modo que descreva o que isto significava para mim. As montanhas tornavam-se mais brilhantes – aproximávamo-nos de Shimoda e do mar.

Yasunari Kawabata, A Dançarina de Izu (1926)

Kawabata 01

 

Anúncios